quinta-feira, 22 de maio de 2008

Ao Professor.

Tu que me ensinas! E eu que não sei nada...
Preparas-me, e fazes-me completo e inteiro.
Capaz, enfrento o que resta da caminhada.
Porque a vida é mais bela, se o maior mealheiro

For feito de pensamento enorme, e imaginação alada.
Obrigado professor, meu terno companheiro
Por todas as carícias de luz doce e abençoada!
(Que me fazem perceber o porquê deste nevoeiro...)

Professor, continua a transformar o Mundo.
Dando a maior e mais nobre das dádivas
E tornando o fruto que brota da mente mais fecundo.

E mesmo não sabendo nada, eu te agradeço.
(Por entre amores, saudades, crises, e lágrimas...)
Sei que tudo o que me deste não tem preço.

Um comentário:

Tania disse...

Oh, gostei tanto!
Era optimo q, pelo menos metade dos alunos, partilhassem a tua opiniao.. A verdade é q tb nos cabe a nós (profs)cativá-los e fazê-los perceber q podemos ser mais do q uns simples "chatos";)
Qto a ti, continua a encantar-nos com os teus textos!

Bjinho*