quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Pequeno manual de História.

Ai, Portugal, Portugal.
Inércia, o teu mal...

De epopeia em epopeia
suor lágrimas sal.
Desperdiçaste, sim
Quinto império, Marquês de Pombal.
Tanto ouro, do Brasil.
Fundos, da União Europeia.
Quem põe fim?

Ó Português,
Dono da tristeza vil.
Só tu pões fim à pequenez.
Grito de incitação,
de geração em geração.
Passa, mas não fica.
Passa, ninguém aplica.

2 comentários:

ana luísa disse...

:O

Serás tu o Supra-Camões ?

Alexandre Fonseca disse...

não..
esse era o "modesto" Pessoa..
lol