sábado, 23 de fevereiro de 2008

Sinceramente nada.

Não gosto do que escrevo.
Não gosto de mim, só coisa estúpida e ruim.
Todos me irritam.
E quem mais me irrita, sou eu, sendo só.
Ah, que irritação.
Isto é para mim, só para mim!
Ouviram?
Ignorem-me, deixem-me
ser uma coisa que não sou,
ter tudo o que não tenho.
Ser perfeito ao mínimo, mínimo detalhe.
Ouviram?
E a minha escrita?
É para mim!
Com ou sem defeitos!
E o resto é nada!
É coisa ruim.
Inutilidade sem fim.

2 comentários:

Tania disse...

Tu, "coisa estúpida e ruim", estás cada vez a escrever melhor! ;)

Bjinho*

Ctg aprendi a dizer "revolta-te":P

Alexandre Fonseca disse...

obrigado pela força e pelo apoio.