terça-feira, 9 de setembro de 2008

Mulheres.

Elas sorriem quando querem gritar.
Elas cantam quando querem chorar
Elas choram quando estão felizes
E riem quando estão nervosas.

Elas brigam por aquilo que acreditam.
Elas levantam-se para injustiça.
Elas não levam "não" como resposta quando
acreditam que existe melhor solução.

Elas andam sem novos sapatos para
suas crianças poder tê-los.
Elas vão ao medico com uma amiga assustada.
Elas amam incondicionalmente.

Elas choram quando suas crianças adoecem
e se alegram quando suas crianças ganham prémios.
Elas ficam contentes quando ouvem sobre
um aniversário ou um novo casamento.

Pablo Neruda.

Um comentário:

Tania disse...

Que linda dedicatoria as mulheres! N conhecia mas gostei mt:)

Bjinho*